terça-feira, 7 de janeiro de 2014

Conheça de Quem é o Rosto Que Está Estampado nas Notas.



Após sucessivas trocas monetárias (réis, cruzeiro, cruzeiro novo, cruzado, cruzado novo) o Brasil adotou o Real em 01 de julho de 1994, junto a uma grande queda nas taxas de inflação que trouxe uma estabilidade para o país. 

Nossa moeda foi implementada no mandato do presidente Itamar Franco, sob o comando de Fernando Henrique Cardoso, até então ministro da fazenda. O nome "Real" foi escolhido por fazer referência à primeira moeda do Brasil, os "Réis", e principalmente por trazer um sentido de realidade, ou seja, uma moeda que demonstra o real valor da unidade.

Além da arara nas notas de 10, o mico leão dourado nas de 20, a onça nas notas de 50 e o peixe na mitológica nota de 100, também existe uma mulher em todas as notas, mas afinal quem é ela?

De acordo com o Banco Central do Brasil, trata-se de uma ilustração que representa a república. No nosso país ela foi interpretada sob a forma de uma escultura, e a imagem original que serviu de inspiração para essa representação foi o quadro "A Liberdade Guiando o Povo", de Eugène Delacroix, no qual a Liberdade é apresentada na forma de uma mulher. Confira o quadro abaixo:


A mulher que aparece no quadro de Delacroix, além de representar a Liberdade e ser a personificação da República Francesa, também é conhecida como Marianne, um dos símbolos da maçonaria.
Durante a revolução a liberdade era o primeiro princípio a ser conquistado, já que sem ela seria impossível alcançar a igualdade ou a fraternidade. Sendo assim, os franceses decidiram adotar a figura de uma mulher para representar esse princípio, e acredita-se que o nome tenha surgido a partir da contração de outros dois nomes bem comuns entre as mulheres francesas da época, Marie e Anne.

Por falar em simbolismo, a Estátua da Liberdade — localizada em Nova York —, como você deve saber, foi um presente da França aos EUA em comemoração ao centenário da assinatura da Declaração da Independência. A estátua foi produzida pelo escultor francês (e maçom) Frédréric Auguste Bartholdi e trata-se de uma versão maçônica de Marianne.